Sovipa e Prefeitura concluem projeto de abrigo de animais de rua

Hoje (16), o prefeito Ângelo Chequer recebeu em seu gabinete as voluntárias representantes da diretoria da Sociedade Viçosense de Proteção aos Animais (Sovipa), Cássia Rossi e Maria de Lourdes Mattos Barreto, além da vereadora Brenda Santunioni, para dar início a uma nova etapa do projeto de construção do abrigo municipal de animais de pequeno porte.
A reunião foi para efetivar a entrega do projeto arquitetônico do abrigo, assinado por Cássia, que é engenheira civil, e doado ao município para captação de recursos. Vale lembrar que o abrigo será construído às margens da MG-482, na Colônia Vaz de Melo, em terreno público cedido à entidade através de Lei Municipal, por iniciativa do Executivo. O intuito é dar melhores condições de vida, evitar o aumento populacional dos cerca de 5 mil cães de rua ou semi-domiciliados em Viçosa e possibilitar que os animais resgatados encontrem um novo lar que os acolha.

O projeto, orçado em R$365 mil e com prazo de execução de 6 meses, prevê a construção de uma sede para a ONG, além de mini-ambulatório – com triagem, área para atendimentos e castração -, um centro cirúrgico e espaço aberto com 30 baias, que poderão abrigar confortavelmente cerca de 3 animais cada.

Esse espaço aberto será dividido em quatro partes, apartando os animais de acordo com o porte, onde permanecerão livres durante o dia, sendo levados às baias apenas a noite. Cada baia terá, ainda, uma área verde, onde poderão se divertir e garantir que não fiquem estressadas durante o confinamento. Se necessário, o terreno pode comportar até 100 baias, no futuro.

Para Brenda Santunioni, “o abrigo, clamado pela população, não é a solução definitiva. Além dele, é necessária a continuidade das campanhas de conscientização e a responsabilização do abandono de animais”, ressaltou, salientando a importância da colaboração dos moradores.

Segundo o prefeito Ângelo Chequer, o abrigo e a causa animal são uma prioridade da sua gestão e para concretizar o projeto, irá empenhar seus esforços na aprovação do projeto pelo Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente (CODEMA), que pode viabilizar a construção através de recursos do Fundo Municipal gerido pelo Conselho. Aproveitou, ainda, para “agradecer à SOVIPA pelo trabalho de utilidade pública desenvolvido ao longo desses anos” o que foi respondido, por Cássia, com “isso não é trabalho, é amor” e completou afirmando que “a concretização desse abrigo é a realização do nosso sonho de ter um espaço onde pudéssemos oferecer proteção e abrigo aos animais necessitados”.

Parceria SOVIPA e SAAE

Amanhã (17), o Serviço Autônomo de Água e Esgoto deve firmar parceria com a SOVIPA, possibilitando que os consumidores doem algum valor desejado diretamente para a entidade. Segundo Cássia Rossi, se cada uma das 40 mil ligações de água do SAAE doasse apenas R$0,50 (cinquenta centavos), seria possível custear a manutenção do abrigo.